Pedrinho Mattar

Em 1992, Pedrinho Mattar morava no edifício Baronesa de Araripe, na avenida Paulista esquina com a rua Peixoto Gomide, que tinha sido condenado pelo Corpo de Bombeiros de São Paulo, por falta de segurança e manutenção da rede elétrica. Pedrinho Mattar, para resgatar seu instrumento, mandou derrubar a parede da sala de visitas que dava para a av. Paulista, descendo o piano com cordas e roldanas. A operação parou, literalmente, a avenida. Mudou-se, então para sua casa no Embaré, Santos, SP. Pedrinho Mattar on Last.fm.
What do you think about Pedrinho Mattar?
No Comments. Be the first!
+ Add comment
What do you think?